Favoritos Recomende

   

     
 
Destaques
 
 

DICIONÁRIOS DE TERMOS MAÇÔNICOS

PADRINHO - Nome dado ao Maçom que apresenta um profano para ser iniciado. É o responsável pelas instruções ao seu afilhado, até que este atinja o Grau de Companheiro.

PAINEL DA LOJA - Quadro de pano, papel ou madeira, na qual estão desenhadas as figuras que servem para instrução maçônica ou para representar o Grau em que se está trabalhando. É exposto depois de aberto os trabalhos e fechado quando do encerramento das seções. Foi desenhado pelo pintor inglês John Harris em 1820.

PALAVRA DE HONRA - A Maçonaria reconhece na Palavra de Honra força suficiente, para obrigar a quem a presta, a obrigação de cumpri-la na sua íntegra.

PALAVRA DE PASSE - Senha de reconhecimento entre os Maçons, para que estes sejam reconhecidos dentro dos seus Graus.

PALAVRA EM FAMÍLIA - Termo utilizado pelo Venerável Mestre, para quando estiverem participando de uma seção, autorizar a conversa informal entre os obreiros, sem que seja necessário manter a ritualística.

PALAVRA PERDIDA -  Simbolicamente é a busca e ao encontro da Verdade (que é o Verbo Divino).

PALAVRA SAGRADA - Senha de reconhecimento (em cada Grau) utilizadas pelos Maçons exclusivamente nas cerimônias maçônicas.

PALAVRA SEMESTRAL - Senha de reconhecimento entre os Maçons, dada pelo Venerável Mestre aos obreiros regulares de sua Loja, a cada seis meses, para que estes sejam reconhecidos em outras Lojas da sua Potência.

PARAMENTOS - Indumentária necessária para que um Maçom possa trabalhar em uma loja regular (A Bíblia, o Esquadro e o Compasso são as três Luzes da Loja e os Paramentos ritualisticamente obrigatórios para o funcionamento de uma Loja regular).

PASSAPORTE MAÇÔNICO -  Documento maçônico expedido pela Potência em que o maçom está regular, para que este seja reconhecido por irmãos em país estrangeiro.

PASSAR O MALHETE - Ato simbólico da transferência de comando de uma Loja, de um Venerável Mestre a outro.

PAST-MASTER – Ex-Venerável.

PATRIARCA DAS CRUZADAS (OU GRANDE ESCOCÊS DE SANTO ANDRÉ) - Título dado ao maçom no grau 29 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PAVIMENTO MOSAICO - Situado no centro da Loja, é o local onde ficam: O Livro Da Lei, o Esquadro e o Compasso, fica circundado pela Orla Dentada.

PEÇA DE ARQUITETURA - Trabalho de pesquisa maçônica.

PEDRA ANGULAR - A base fundamental dos edifícios, tomado com denominação dos princípios em que repousa a maçonaria.

PEDRA BRUTA - Pedra simbólica que fica ao lado do Primeiro Vigilante, com que os Aprendizes aprendem a trabalhar, (simbolicamente, aprendendo a desbasta-la).

PEDRA CÚBICA - Pedra simbólica que fica ao lado do Segundo Vigilante, com que os Companheiros aprendem a trabalhar, (simbolicamente, aprendendo a polir as asperezas da vida).

PEDRA FUNDAMENTAL - Primeira pedra de um templo maçônico, cuja colocação é feita juntamente com um ritual particular.

PELA ORDEM - Prerrogativa que um obreiro solicita, para interferir em um assunto de sumo interesse.

PENTAGRAMA - Estrela de cinco pontas, traçadas num só impulso. De vértice voltado para cima, que simboliza a Vida em evolução. De vértice voltado para baixo, que simboliza a Vida em revolução.

PERFEITO (ou PERFEITÍSSIMO) PRESIDENTE - Título que dos presidentes do Soberano Tribunal do grau 31o. do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PERÍODOS - Vários autores tem dividido a história da Maçonaria em três grandes períodos ou épocas: O primeiro estende-se do ano de 715 a.C. (da fundação dos Colégios de Construtores em Roma, por Numa Pompílio) até o ano de 1000 d.C., quando foi feita a reconstituição das corporações maçônicas no Congresso de York; O segundo desde o ano 1000 até o ano de 1717 (época da transformação da Confraternidade maçônica operativa em Instituição Filosófica; O terceiro, desta data em diante.Alguns escritores, acham ainda que o primeiro período, deve ser iniciado desde a época da construção do templo da Salomão, em virtude das Lendas maçônicas.

PILARES - São os três grande pilares que simbolicamente sustentam uma Loja (Sabedoria, Força e Beleza).

PODEROSÍSSIMO - Título que se dá ao presidente da Loja nos graus 24o. e 27o. do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PODEROSÍSSIMO GRANDE COMENDADOR (três vezes) - Título que se dá ao Grão-Mestre do Supremo Conselho do Rito escocês Antigo e Aceito.

PODEROSO (TRÊS VEZES) - Titulo que se dá aos Veneráveis das Lojas dos graus 4o., 8o. e 11o. do Rito Escocês Antigo e Aceito

PODEROSO TRÊS VEZES - Título dos Veneráveis das Lojas nos graus: 4o., 8o. e 11o. no Rito Escocês Antigo e Aceito.

PÓLVORA - Nome dado a bebida nos banquetes maçônicos.

PORTA BANDEIRA - Oficial que fica localizado no Oriente, à esquerda de quem entra, responsável pela guarda da Bandeira Nacional.

PORTA ESTANDARTE - Oficial que fica localizado no Oriente, à direita de quem entra, responsável pela guarda do Estandarte da Loja.

PÓRTICO - A entrada do Templo, especificamente a da Câmara do Meio.

POTÊNCIA MAÇÔNICA - Órgão superior a que uma Loja está subordinada.

PRANCHA - Correspondência (carta, notificação, memorando, etc.)

PREBOSTE E JUIZ - Título dado ao maçom no grau 07 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PREPARADOR - Oficial que tem a função de receber os iniciandos e prepará-los para a Iniciação.

PRIMEIRO DIÁCONO - Oficial auxiliar do Venerável Mestre, o que transmite as ordens do Venerável Mestre às colunas, transmitindo-as diretamente ao Primeiro Vigilante.

PRIMEIRO VIGILANTE - Oficial responsável pela coluna do norte. O segundo cargo mais elevado em uma Loja. Encarregado pelas instruções e acompanhamento dos aprendizes.

PRÍNCIPE ADEPTO (OU CAVALEIRO DO SOL) - Título dado ao maçom no grau 28 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PRÍNCIPE DAS MERCÊ (OU ESCOCÊS TRINITÁRIO) - Título dado ao maçom no grau 26 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PRÍNCIPE DE JERUSALÉM - Título dado ao maçom no grau 16 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PRÍNCIPE DO LÍBANO OU CAVALEIRO DO REAL MACHADO - Título dado ao maçom no grau 22 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PRÍNCIPE DO REAL SEGREDO - Título do maçom no grau 32 (Também Sublime Príncipe do Real Segredo). do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PRÍNCIPE DO TABERNÁCULO - Título dado ao maçom no grau 24 do Rito Escocês Antigo e Aceito.

PROFANO - Pessoa não iniciada nos mistérios da Maçonaria.

PROVAS - Viagens simbólicas efetuadas pelo neófito durante a cerimônia de Iniciação.

PRUMO - Símbolo maçônico que representa a retitude e equilíbrio com que um maçom deve agir. - Símbolo próprio de ofício do Primeiro Vigilante.

 
 
Publicidade
 
 
     

| CAMPINAS | ANIMAIS | ARTE E CULTURA | AUTOMÓVEIS | COMPRAS E VENDAS | CURIOSIDADES |
|
ECONOMIA | EDUCAÇÃO | ESPORTES | GOVERNO | INTERNET | LAZER E DIVERSÃO |
|
NOTÍCIAS E MÍDIA | SAÚDE | SERVIÇOS | SOCIEDADE | TEENS | TURISMO | UTILIDADES
|