Favoritos Recomende

   

     
 
Destaques
 
 

PATINAÇÃO RADICAL

Esse esporte surgiu na década de 80. Conta-se que um patinador americano, chamado Chris Edward, foi desafiado por skatistas: ele deveria realizar manobras parecidas com as de skate, só que usando patins em linha! As loucuras teriam que ser feitas em um Half Pipe (que é uma rampa em forma de "U") e em obstáculos de rua, como bordas de jardins, escadarias e corrimãos.

Chris aceitou e, desse desafio, nasceu a "Patinação Radical", conhecida em inglês como "Agressive Skating".

A Patinação Radical se divide em:
1. "Vertical In Line" - são as manobras feitas em rampa em forma de "U";
2. "Street Roller" - são saltos, giros e mortais; também inclui deslizar sobre canos e bordas;
3. "Slalon In Line" - são as corridas entre cones;
4. "High Jump" - que inclui o "Pure High Jump", que é o salto em altura de patins, e o "Best Trick" - melhor manobra.

No Brasil, este tipo de esporte surgiu em 1993. Os primeiros brasileiros de sucesso na patinação radical em linha foram Fabiano Kenji e Fabíola Silva, entre outros. Nessa época, começaram a ser realizadas várias competições amistosas, em nível amador.

Em 1999, a Patinação Radical foi oficializada como uma nova modalidade esportiva na Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação!

Se você não se intimida com arranhões e gosta de emoção, pode começar a praticar!

 
Publicidade
 
 
     

| CAMPINAS | ANIMAIS | ARTE E CULTURA | AUTOMÓVEIS | COMPRAS E VENDAS | CURIOSIDADES |
|
ECONOMIA | EDUCAÇÃO | ESPORTES | GOVERNO | INTERNET | LAZER E DIVERSÃO |
|
NOTÍCIAS E MÍDIA | SAÚDE | SERVIÇOS | SOCIEDADE | TEENS | TURISMO | UTILIDADES
|