Arte e Cultura Automóveis Compre e Venda Curiosidades Economia Educação Esportes Governo
Internet Lazer e Diversão Notícias Saúde Serviços Sociedade Teens Turismo Utilidades
 

ORIGEM DO KARATE

 

A Índia é o grande berço das Artes Marciais. Por volta do século VI antes de Cristo, se encontra os primeiros indícios de lutas. Os guerreiros indianos Kshatriya desenvolveram a luta Vajramushti - "aquele cujo punho cerrado é inflexível".

No século VI depois de Cristo um monge budista chamado Bodhidharma, ou Daruma Taishi em japonês, considerado o 28º patriarca do Zen Budismo, viajou para a China levando seus conhecimentos e passou a ensinar a luta como uma forma de ginástica de defesa e ataque no Templo Shaolin-Zu. Esses ensinamentos deram origem ao estilo de luta conhecido como Shaolin Kung Fu, que ajudou os monges a se protegerem dos constantes ataques de bandidos nômades. A partir daí outros estilos de artes marciais foram surgindo de acordo com a evolução dos monges chineses.

Os monges budistas passaram a ser perseguidos pelo Governo Chinês e no ano de 840 todos os templos foram atacados, saqueados e queimados com o apoio do Império Chinês. Os maiores templos Shaolin (Honan e Fukien) foram reconstruídos depois e, durante a Dinastia Ming (1368 a 1644) foram completamente destruídos pelos Manchus. Somente 5 monges escaparam - "Os 5 Ancestrais". Cada um seguiu um caminho e passou a ensinar o Kung Fu do seu modo. Assim surgiram os 5 estilos básicos de Kung Fu: Tigre, Dragão, Leopardo, Serpente e Grou.

Durante isso, em Okinawa, nas Ilhas de Ryu-Kyu ao sul do Japão, florescia o combate sem armas pela proibição do uso de espadas e lanças (1480) na ilha pelo Império Japonês pelo Senhor Shimazu de Satsuma (1609) - a prática secreta de autodefesa pelos praticantes de Okinawa.

Alguns estudantes de Okinawa vão à China aprender as lutas chinesas, o que deu origem a dinastia da luta que conhecemos como KARATE, na época chamada de TODE - Mãos da China. Em Okinawa, a luta sem armas passou a ser chamada de TE, que significa mão em japonês. Havia 3 centros de treinamento, sendo cada um em uma cidade:

Shuri-Te, Naha-Te e Tomari-Te; nas cidades de Shuri, Naha e Tomari respectivamente.
Em cada cidade havia um mestre que tinha aprendido as filosofias das lutas chinesas e as levado para Okinawa.

Em Iwah na china, os adidos militares de Okinawa aprendem a luta Kempo. Entre eles estava Matsumura "Bushi" (guerreiro) (1796-1893) que tem como melhor aluno Itosu Yasu Tsume, ou Anko Itosu (1797-1889). Este passou a ensinar em Shuri a luta que deu origem ao estilo Shorin, precursor do Shotokan e do Wado Ryu.

Em Fukien, China, Liu Liukung, ou Ryu Ryoko (1853-1916), ensina Higashiona Hanryo (1853-1915) que volta para a cidade de Naha e tem como principal aluno Myagui Chogun (1887-1953), quem desenvolveu o estilo Goju-Ryu. Myagui Chogun passou a ensinar os katas Santin, Tenshu, Seyontin, Seifa, Sanseru, Kurunrunfa, Seppai e outros.

O estilo Tomari-Te foi desenvolvido por Matsumura Kosaku (1828-1898), que já tinha aprendido com o mestre Sakugawa. Um dos alunos mais famosos de Matsumura Kosaku foi Motobu Choki (1871-1944).

Em 1920, aporta no Japão um navio russo e dentre os marinheiros havia lutadores de Sambo - luta russa. Começaram a fazer demonstrações em público de suas forças e habilidades e desafiaram qualquer lutador de qualquer luta japonesa a um combate sem armas.

Em Okinawa, Kama Takaesu, Motobu Choyu e Motobu Choki aceitam o desafio e viajam para o Japão. O mais novo deles, Motobu Choki é o primeiro a lutar com o desafiante russo Jon Kirter (Jeen Kinteru em japonês). Ao iniciar o combate, o lutador de Okinawa tomou posição de luta (KAMAE) com as mãos abertas e começou a estudar seu oponente. Quando de repente, com uma enorme agilidade e velocidade, o lutador de TODE acertou um murro no plexo do russo que caiu e começou a expelir sangue pela boca. Após o murro (ZUKI), Motobu Choki voltou a posição de KAMAE inicial, e devido a velocidade do golpe quem estava assistindo pensou que ele havia acertado o russo com a mão aberta. Jeen Kinteru veio a falecer 3 dias depois a bordo do navio.

É chamado o mestre desta luta para mostrá-la aos japoneses de Tókio nos centros de lutas Kodo Kan de judô e Butuko Dem de artes marciais. Funakoshi Guichin, aluno de Itosu Anku, vai ao Japão com Motobu Choki e apresenta os Katas e defesa pessoal.
Devido a guerra com a China o Japão não aceitava nada que tivesse influência daquele país. Conseqüentemente Funakoshi alterou o nome de TODE (mãos da China) para KARATE (mãos vazias). O Grande Mestre ainda deu mais uma contribuição ao nome Karatê que foi a criação e agregação da partícula DO (caminho espiritual, da sinceridade, harmonia). Fundando o Karatê-Dô. Em 1922, alunos de Funakoshi fundam o primeiro DOJO (local de treino) e passam a ensinar o Karatê Shotokan com o mestre.

Entre os melhores alunos, Otsuka Hiriki não concorda com a luta Jiu Kumite como forma esportiva e se desliga de seu mestre fundando o estilo Wado Ryu. Chega ao Japão Myagui Chogun e funda o estilo Goju Ryu, em 1928, e tem como melhor aluno Yamaguchi Gojuen.
O Professor Mabuni Kenwa, aluno de Myagui Chogun, junta os estilos Shuri-Te e Naha-Te e funda o estilo Shitoryu.

Matsutatsu Oyama se desliga do Goju Ryu e funda o Kiokushinkai, ou Karatê de Contato, e passa a difundir o Karate pelo mundo lutando contra homens e touros no ocidente.

As diferenças entre os estilos são baseados nos locais de origem.

Haviam três principais núcleos de "Te" (mãos) em Okinawa. Estes núcleos eram as cidades de Shuri, Tomari e Naha. Conseqüentemente os três estilos básicos antes de receberem os nomes mencionados na tabela acima, tornaram-se conhecidos como Shuri-Te, Tomari-Te e Naha-Te.

Os mestres que desenvolveram e ensinaram o Karatê nas cidades de Shuri, Tomari e Naha.

Shuri-te

Sakugawa
Sakugawa
Sokon Matsumura
Sokon Matsumura
Anko Itosu
Anko Itosu

O primeiro deles, Shuri-Te, veio a ser ensinado por Sakugawa (1733-1815), que ensinou Sokon "Bushi" Matsumura (1796-1893), e que por sua vez ensinou Anko Itosu (1813-1915).
Foi Itosu o responsável pela introdução da arte nas escolas públicas de Okinawa. Shuri-te foi o precursor dos estilos japoneses que eventualmente vieram a se chamar Shotokan, Shito-Ryu , Shorin-Ryu e Wado-Ryu.

Tomari-te

Kosaku Matsumora
Kosaku Matsumora
Chokki Motobu
Chokki Motobu
Chotoku Kyan
Chotoku Kyan

Tomari-Te foi desenvolvido juntamente por Kosaku Matsumora (1829-1898) e Kosaku Oyadomari (1831-1905).
Matsumora ensinou Chokki Motobu (1871-1944) e Oyadomari ensinou Chotoku Kyan (1870-1945) - dois dos mais famosos professores da época.
Até então Tomari-Te era largamente ensinado e influenciou tanto o Shuri-Te como o Naha-Te.

Naha-te

Seisho Arakaki
Seisho Arakaki
Kanryo Higashionna
Kanryo Higashionna
Chojun Miyagi
Chojun Miyagi

Seisho Arakaki (1840-1920) desenvolveu o Naha-Te, e o estilo tornou-se popular devido aos esforços de Kanryo Higashionna (1853-1916) e seu mais famoso aluno foi Chojun Miyagi (1888-1953).
Miyagi também foi à China para estudar. Mais tarde ele desenvolveu o estilo conhecido hoje por Goju-Ryu.

Rsumindo:
I - Da cidade comercial de Naha (Okinawa) surgiu o Naha-Te (mão do norte ou estilo do norte), sistema de luta que dava ênfase à força, deu origem ao estilo Goju-Ryu de Karatê.
II - Da cidade portuária de Tomari (Okinawa) surgiu o Tomari-Te (mão do centro ou estilo do centro). Sistema de luta que, na verdade, era uma fusão dos estilos de Shuri e Naha.
III - Da capital Shuri (região Sul de Okinawa) surgiu o Shuri-Te (mão do sul ou estilo do sul), sistema de luta que valorizava a velocidade.

Shuri-te e Tomari-te deram origem aos estilos Shorin-Ryu, Shotokan, Shito-Ryu e Wado-Ryu.
Porém, o sistema de luta desenvolvido em Okinawa era conhecido além das fronteiras como Okinawa-Te (mão de Okinawa).

Este nome manteve-se, até por volta de 1936, até que, com o evento do "conflito sino-nipônico" (Guerra entre a China e o Japão) foi criada a palavra "Karatê" (mãos vazias) e um grande mestre da época, Gichin Funakoshi, considerado o Pai do Karatê moderno, criador do estilo Shotokan, adotou esta palavra para substituir a denominação do Okinawa-Te, permanecendo então até nossos dias como Karatê.


Gichin Funakoshi

Este mesmo mestre, incrementando sentido espiritual e filosofia de vida ao Karatê, adicionou a palavra Do (caminho, vereda espiritual), ficando conhecido como Karatê-Do (O caminho das mãos vazias).

O passo seguinte foi a adoção do karate-gui, um uniforme igual para todos, branco, e o sistema de faixas e graduações de Kyus (faixas coloridas, da branca até a marrom) e Dans (do 1o ao 10o grau para os faixas pretas) similar ao que era usado no Judô. No ano de 1933, o Dai Nippon Butokukai, órgão japonês encarregado das artes marciais, reconheceu oficialmente o Karatê-Do como arte marcial.

 

Masutatsu Oyama
Masutatsu Oyama

Existem ainda outros estilos derivados, posso citar o estilo Kyokushin, que foi criado no ano de 1961, no Japão, por um coreano de nome Hyung Yee, que se naturalizou japonês e mudou o nome para Masutatsu Oyama (1923-1994).

No Brasil, é aberto o primeiro Dojo de Karatê em São Paulo, em 1957, pelo Professor Mitzuzuke Harada, vindo da Universidade de Waseda do estilo Shotokan. O Professor Shikan Akamine, 7o grau do estilo Goju Ryu, vem oficialmente ensinar o Karate no Brasil, no Clube Santos, em São Paulo.

O Professor Yoshihide Shinzato, em 1958, divulga o estilo Shorin em Santos, São Paulo. Na cidade de São Paulo é divulgado o estilo Wadoryu pelo Professor Takamatsu, e ainda em 1958, é fundada no Brasil (São Paulo) a N.K.K. - Nihon Karatê Kiokai pelos professores Sadamu Uryu, Yasutaka Tanaka, Juiti Sagara e Tetsuma Higashino.

As primeiras associações oficiais de karate em São Paulo foram: SeibuKan (Professor Juiti Sagara) e A.B.K. - Associação Brasileira de Karate (Professor Shikan Akamine). É fundada, depois, a C.B.K. - Confederação Brasileira de Karate e seu 1o presidente foi Marcelo Arantes e depois Edgar Ferraz.
No Rio de Janeiro, as primeiras associações oficiais são: KOBUKAN (Prof. Yasutaka Tanaka e Lirton dos Reis Monassa), HIENKAN (Prof. Benedito N. A. Santos, Teruo Furusho e Eurico de Oliveira Santos) e Shidokan (Prof. Sadamu Ukiu e seus alunos Duncan, Willian, Raimundo e os irmãos Kohara).
Estilos de Karate mais divulgados no mundo e seus fundadores:

Estilo Fundador Data Oficial
Shotokan Gichin Funakoshi 1922
Wado-Ryu Otsuka Hironori 1932
Goju-Ryu Myagui Chogun 1933
Shito-Ryu Mabuni Kenwa 1931
Shorin-Ryu Choschin Chibana 1933
 

VOLTAR

 

 

 

 

 

 

www.solbrilhando.com.br - Copyright (c) 2001 - Todos os direitos reservados - E-mail: postmaster@solbrilhando.com.br