Arte e Cultura Automóveis Compre e Venda Curiosidades Economia Educação Esportes Governo
Internet Lazer e Diversão Notícias Saúde Serviços Sociedade Teens Turismo Utilidades
 

NUMERAÇÃO ROMANA

O sistema de numeração romana desenvolveu-se na Roma Antiga e utilizou-se em todo o seu Império. Neste sistema as cifras escrevem-se com determinadas letras, que representam os números. As letras são sempre maiúsculas, já que no alfabeto romano não existem as minúsculas, as letras são I, V, X, L, C, D e M.
As equivalências dos numerais romanos com o sistema decimal são as seguintes:


 

No sistema de numeração romano as letras devem situar-se da ordem de maior valor para a de menor valor. Não se deve escrever mais de três I, ou três X, ou três C em qualquer número. Se estas letras se situam atrás de um V, um L, ou um D, ( Exemplo: IX, XC ou XL, que significam, 9, 90, 40 respectivamente), subtrai-se o seu valor à cifra das ditas letras.

Os romanos desconheciam o zero, introduzido posteriormente pelos árabes, de forma que não existia nenhuma forma de representação deste valor.
Para cifras elevadas os romanos utilizavam um travessão colocado por cima da letra correspondente. O travessão multiplicava o valor da letra por 1.000. Por exemplo, um
C correspondia ao valor 100.000 (100 x 1.000), e um M correspondia ao valor 1.000.000 (1.000 x 1.000).

Apresentam-se vários exemplos de números romanos, com as suas equivalências decimais:

Fonte: "wikipedia".

Decimal Romana
104 CIV
1.444 MCDXLIV
2.008 MMVIII
3.000 MMM
3.999 MMMCMXCIX
4.000 MV
5.000 V
6.000 VM
9.000 MX
10.000 X
50.000 L
100.000 C
500.000 D
1.000.000 M

Colaboração do amigo Prof. Dr. Claudine Pascoetto

 

VOLTAR

 

 

www.solbrilhando.com.br - Copyright (c) 2001 - Todos os direitos reservados - E-mail: postmaster@solbrilhando.com.br